Benefícios da música como terapia

Benefícios da música como terapia

A música em sua essência é uma forma estruturada de apresentar informações. As rimas e o ritmo organizam a informação auditiva e podem ajudar a memorizar sequencias de atividades, rotinas ou até conteúdos escolares. Além, disso, a música é um...

Crianças não nascem odiando seus corpos

Crianças não nascem odiando seus corpos

Recentemente conheci a mãe de uma linda menininha de cinco anos de idade. Pudemos conversar poucas vezes, mas em todos os nossos encontros, a mãe se queixava do quanto sua filha era grande. Trata-se de uma criança linda, perfeitamente normal, um...

A arte de bagunçar!

A arte de bagunçar!

Todas as crianças têm qualidades e talentos únicos, mas tem um que é comum a todas: a arte de bagunçar! Antes de ter filhos, é fácil ter uma casa arrumadinha. Mas desde que meu primeiro filho começou a andar, confesso que não consigo manter a...

Sobre autismo e problemas de sono

Sobre autismo e problemas de sono

Crianças com autismo geralmente apresentam problemas na hora de dormir. Seja pela dificuldade em pegar no sono ou por terem um sono agitado (despertando várias vezes durante a noite). Os distúrbios de sono dentro do espectro autista podem...

Esportes ajudam a controlar a hiperatividade

Esportes ajudam a controlar a hiperatividade

Praticar esportes traz benefícios significativos para a saúde e educação das crianças, disso não temos dúvidas. E o esporte pode ser também uma alternativa para crianças hiperativas aplicarem suas energias mais adequadamente. Crianças que sofrem...

A fase dos porquês

A fase dos porquês

“Por que o céu é azul?”… “Por que vamos lá?”… “Por que as flores são coloridas?”… “Por que?”… “Por quê!?” Por volta dos 4 anos de idade, as crianças entram em uma...

Estratégias para ajudar a criança hiperativa

Estratégias para ajudar a criança hiperativa

Se você tem uma criança hiperativa, certamente já perdeu a cabeça muitas vezes. Eu mesma às vezes acho difícil aceitar que não basta que meu filho se esforce. A criança não tem culpa! Acho que devemos adotar isso como um mantra sempre que...