TDAH e mentiras: a verdade por trás da compulsão

Há tempos venho tentando entender o que leva meu filho a mentir tanto. Nunca fui rigorosa em sua educação, sempre respeitei suas vontades e opiniões.

Todas as crianças mentem. A mentira faz parte do ser humano. Uma mentirinha aqui e outra ali… Mas quando uma criança tem TDAH, há muito mais em suas mentiras do que uma simples preguiça em fazer a lição de casa.

Por causa da impulsividade e da baixa autoestima, essa criança mente muito mais, podendo rapidamente se tornar uma compulsão. Ela acredita que deve sempre encobrir seus erros, que precisa contar histórias para ser aceita, que precisa se fazer reconhecida em seu grupo. Por trás de uma mentira está o medo da culpa, a tentativa de esconder inseguranças e a fuga das punições. Não são crianças ruins, apenas crianças buscando aceitação. É por isso que precisamos ensinar-lhes a reconhecer a importância de dizer a verdade!

PAUSA PARA A RESPOSTA

Uma técnica que podemos ensinar-lhes é parar para pensar antes de responder. Essa técnica precisa de muita prática, já que a resposta impulsiva é um sintoma do TDAH. A criança muitas vezes mente rapidamente apenas para livrar-se de um problema. Ensine-a a não responder de imediato e fazer uma pausa para que possa pensar e formular sua resposta.

PAUSA PARA REAGIR

Se seu filho diz algo que você sabe ser uma mentira, mantenha a calma. Reagir com raiva e com um castigo imediato fará seu filho mentir mais e mais, sempre tentado livrar-se do problema.

Explique a importância da honestidade e deixe-o repensar sua resposta. Dê-lhe outra chance, sem necessariamente impor consequências para a mentira.

VALORIZE A HONESTIDADE

Queremos ensinar-lhes sobre honestidade, certo? Então, de nada adianta ficar relembrando e dando audiência às mentiras. Incentive e encoraje a honestidade, a recompensa funciona muito melhor do que a punição.

Por Amanda Puly

Artigos Relacionados

Responder