Esportes ajudam a controlar a hiperatividade

Praticar esportes traz benefícios significativos para a saúde e educação das crianças, disso não temos dúvidas. E o esporte pode ser também uma alternativa para crianças hiperativas aplicarem suas energias mais adequadamente.

Crianças que sofrem de TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade) têm grandes dificuldades para se concentrar, são agitadas, movimentam-se o tempo todo, perdem o interesse facilmente, ficam entediadas. Podem apresentar comportamentos irritantes ou até agressivos devido à impulsividade e à dificuldade em serem compreendidas.

Esportes como natação, futebol, lutas, tênis ou ciclismo fazem com que a criança controle suas distrações e melhore a concentração. Ao encontrar uma modalidade com a qual se identifica, irá dedicar-se e tornar-se mais disciplinada. Isso porque uma das características do TDAH é também o hiperfoco, ou seja, a capacidade de se concentrar excessivamente em algo que traga motivação.

Um exemplo é o caso do nadador Michael Phelps, diagnosticado com TDAH aos 9 anos de idade. A natação foi a solução encontrada por seus pais para canalizar seus excessos de energia. Phelps se tornou o maior atleta de todos os tempos nos Jogos Olímpicos ao conquistar sua 19ª medalha em 2012 (Londres). Um jovem que já sofreu com a falta de concentração, tornou-se modelo de precisão, técnica e disciplina.

Por Amanda Puly

Artigos Relacionados

Responder