Lição de casa em excesso pode ter efeito negativo

Há algumas semanas, descobri que meu filho vinha escondendo as lições de casa para não precisar fazê-las. É claro que na hora fiquei uma fera, mas então me dei conta de que ultimamente nossas conversas eram basicamente sobre atividades escolares.

Criança precisa de tempo para interagir com a família, para interação com amigos, para ser criança. Estar atolado com atividades é preocupante! Todos queremos que nossos filhos tenham sucesso, mas parte desse sucesso depende de estar mental e emocionalmente saudável. As lições em excesso afetam a vida familiar, bem como podem comprometer o maior aprendizado da infância: o brincar.

SINAIS DE ALERTA

Descobrir que o filho esconde as atividades para ter tempo de brincar já é um grande sinal de alerta.

Além disso, algumas crianças perdem o interesse pela escola. Ou pior, passam a odiá-la. Usam todas as desculpas para poder faltar, em alguns casos chegando a ficar doentes (de verdade).

COMO OS PAIS PODEM AJUDAR?

  • Use seu bom senso e avalie: é humanamente possível dar conta de tantas atividades?
  • Converse com os outros pais da turma para ver se essa dificuldade é comum também nas outras crianças.
  • Considere que a intenção do professor é a melhor. Então vale agendar uma conversa com ele para juntos encontrarem uma solução. Muitas vezes, ele desconhece os estragos que essa sobrecarga pode estar causando.

É claro que a lição de casa é importante. É uma forma de fixar o conteúdo aprendido, colocá-lo em prática e compartilhar com a família. Mas aprender não é só cumprir tarefas! É também explorar, descobrir, ter vivências. E para isso é preciso tempo… de brincar.

Por Amanda Puly

Artigos Relacionados

Responder