Autismo: 9 conselhos para pais com diagnóstico recente

Seja bem vindo ao clube! Embora estar aqui não seja exatamente seu desejo, encontrar pessoas “no mesmo barco” é geralmente reconfortante!

Aqui deixo 9 dicas para familiares com crianças recém diagnosticadas, que podem aliviar o fardo na fase inicial:

  1. Busque informar-se! O autismo pode ser um assunto totalmente desconhecido, pois as famílias são pegas geralmente de surpresa. Mas se você está aqui é sinal de que já está buscando um pouco de informação. Explore também livros e publicações de profissionais, pois conhecer o assunto é essencial para então poder ajudar.
  2. Apesar do espectro autista trazer características em comum, cada pessoa com autismo é única, com habilidades e dificuldades específicas. Isso quer dizer que você encontrará mães com dificuldades que talvez você não tenha ou crianças com o mesmo diagnóstico que são completamente diferentes.
  3. Faça contato com outros familiares que estejam na mesma situação. É interessante também conversar com pais que já são “veteranos”, pois a troca de experiências ajuda muito a buscar soluções e ter ideias novas
  4. Cuidado com as indicações! Você certamente ouvirá muitas opiniões que não pediu. Não caia na tentação de testar aquela medicação, dieta da moda ou tratamento sem embasamento. Uma coisa que deu um resultado ótimo para uma pessoa pode não ter efeito nenhum sobre a outra.
  5. Tenha uma fonte de fuga. Você está prestes a encarar uma maratona sem fim. É importante ter uma atividade ou hobbie para aliviar o estresse e se desligar um pouco dos problemas.
  6. Leve seu filho a lugares diferentes. Não dê ouvidos a comentários preconceituosos, que provavelmente existirão. Seu filho precisará de vivências e isso é mais importante que a opinião dos outros.
  7. Tenha em mente que as melhores terapias acontecem fora do consultório, quando a criança está com as pessoas que convive no dia a dia. Os pais devem atuar como seus co-terapeutas, bem como ser disseminadores das informações a respeito do autismo.
  8. Permita-se chorar de vez em quando. Não é fácil ser forte o tempo todo. Alguns dias serão realmente mais difíceis, então você tem direito de chorar algumas vezes.
  9. Tente encarar o autismo da maneira mais positiva possível. Ele nos ensina muito, mas você descobrirá isso com o tempo. Já que a jornada não será fácil, encará-la com positividade tornará os dias muito mais leves!

Ah! E não se esqueça de oferecer apoio aos novos membros quando já estiver preparado também!

Por Amanda Puly

Artigos Relacionados

3 Comentários

  • Posted 17 de June de 2016
    Avatar

    ana márcia

    sou mae de um menino de 04 anos com autismo

  • Posted 28 de July de 2016
    Avatar

    Claudia fabiane amador

    sou Claudia mae do Igor. no inicio e bem dificil mas o amor da força e supera.

Responder