Receita para incluir através do brincar

A brincadeira é a forma como as crianças desenvolvem suas relações sociais, suas habilidades motoras, seu processamento de sensações, descobrem o mundo. Brincar é coisa séria mesmo!

É justo que qualquer um, independente de suas limitações, tenha direito de participar desses momentos tão únicos, capazes de unificar crianças e adultos que, mutuamente, ensinam e aprendem juntos.

Proporcionar o convívio entre crianças autistas, cadeirantes, deficientes mentais, visuais ou auditivas, ou sem qualquer deficiência é uma experiência engrandecedora para todos!

Bom, então temos 4 ingredientes básicos para a receita da inclusão. São eles:

  • Respeito
  • Adaptação das regras
  • Atitude
  • Diversão

O que acontece é que muitas vezes não sabemos como agir. Ao olharmos a criança com alguma deficiência, nem sempre sabemos como incluí-la na brincadeira. E aí?

O primeiro passo é perder o receio de incluir. Pergunte à criança ou aos pais dela se ela gostaria de participar da brincadeira. Depois ofereça ajuda, pergunte como pode ajudá-la. Fácil, não? Podemos mudar as regras de algumas brincadeiras, adaptar ou inventar novas!

Estamos longe de alcançar brinquedos adaptados em todos os parques e também longe de ver a informação disseminada e clara para todos, embora lutemos por isso. Por enquanto, vamos incluir com as ferramentas que já temos!

Criança é tudo igual, gosta de descobrir e explorar o mundo através do brincar. Neste link temos ideias para 5 brincadeiras adaptáveis. É só clicar e conhecer!

>> 5 ideias para brincar e incluir <<

 

Artigos Relacionados

Responder