Autismo: preparando-se para a volta às aulas

A volta às aulas costuma ser um momento difícil para muitas crianças. Em especial para crianças com autismo, que têm dificuldades com mudanças na rotina.

Deixamos aqui algumas dicas para que a readaptação da rotina seja mais tranquila:

  • Durante as férias, mostre fotos da escola e dos amigos, rementendo a bons momentos que a criança tenha presenciado e citando que é apenas um período de descanso, que em breve as aulas voltarão.
  • Aponte em um calendário em que dia estamos, o dia em que as aulas acabaram e quanto falta para o início. Deixe em destaque o dia do retorno e vá riscando os dias que estão passando.
  • Leve a criança para comprar alguns materiais, dando a ela opções de escolha. Se for possível, opte por algum personagem que ela goste na mochila ou estojo.
  • Volte gradativamente aos horários da antiga rotina de sono e alimentação. Faça isso ainda durante as férias.
  • Procure conhecer o professor antes das aulas iniciarem para explicar algumas particularidades da criança. Se não for possível, você pode entregar uma cartinha (aqui um exemplo, como sugestão) no primeiro dia de aula. Coloque-se à disposição para auxiliar em qualquer dificuldade e esclarecer dúvidas.
  • Caso seja um escola diferente do ano anterior, faça uma visita à escola nos dias que antecedem o início das aulas, para que a criança se familiarize com o novo ambiente.
  • Em alguns casos é bom evitar os primeiros dias, quando as crianças estão mais agitadas e os professores ainda não conhecem os alunos. Não ter pressa neste início é bom tanto para a criança (que chegará quando a turma estiver mais tranquila e adaptada), quanto para o professor (que também já estará mais familiarizado com os novos alunos e terá mais domínio da turma).
  • Converse sobre a escola e as atividades que serão realizadas como algo muito positivo, nunca como uma obrigação. Relacione com as coisas que a criança goste mais, como as musiquinhas, as atividades, a hora de brincar, etc.
  • No dia anterior ao início, mostre o uniforme, a mochila, os materiais. Deixe-os visíveis, sinalizando que no dia seguinte as aulas iniciarão.

 

É muito importante manter contato diário com o professor e/ou a coordenação da escola. O trabalho precisa ser em parceria durante todo o ano letivo! E estar sempre atento a possíveis mudanças no humor e no comportamento da criança.

Por Amanda Puly

Artigos Relacionados

2 Comentários

  • Posted 11 de January de 2016

    Danielle Campos

    Olá! ! Seu blogue tem me ajudado , sempre q tenho alguma dúvida, pois em fevereiro terei um aluno autista em uma turma de 4 anos 🙂

    • Posted 11 de January de 2016
      Amanda Puly

      Amanda Puly

      Legal Danielle! O papel do professor é bem esse, se informar bastante, pois existem muitos mitos sobre autismo. Ainda quero colocar algumas dicas para professores. Em breve… beijos!

Responder