O autismo e a necessidade de estar só

Por Amanda Puly

Uma das principais características do autismo está relacionada ao âmbito social, à necessidade de se isolar.

Aqui já colocamos algumas ideias de atividades e brincadeiras para estimular diversas áreas e também já enfatizamos a importância do incentivo à convivência com outras crianças e vivências diferenciadas.

Mas hoje eu gostaria de falar sobre a questão do isolamento e a importância que isso pode ter para a pessoa com autismo.

Ficar de fora de uma brincadeira ou não ir a uma festinha de aniversário pode parecer socialmente inaceitável, mas para uma criança com autismo pode ser maravilhoso!

A criança ou adolescente (até mesmo na fase adulta) precisa de um tempo sozinha, talvez em silêncio, talvez praticando uma estereotipia (movimento repetitivo), para que possa se acalmar e organizar seus pensamentos.

Considere isso, principalmente quando estiverem em um local tumultuado, ou com muitos barulhos, por exemplo. Esses momentos de isolamento são saudáveis e necessários à criança, desde que feitos controladamente. Então os pais devem respeitar essa limitação e ao mesmo tempo controlar, definindo o período. Pode ser de 5, 15 ou 30 minutos, sempre dependendo da necessidade de cada criança.

 

Às vezes, com a nossa ansiedade de pais em querer que nossos pequenos autistas socializem e se desenvolvam na mesma proporção das outras crianças, podemos sufocá-los com tantos estímulos. O importante é dosar, respeitar os limites da criança e considerar que brincar sozinho pode, para ela, ser um momento muito desejado.

Siga-nos nas redes sociais!

Facebook – www.facebook.com/clubematerno.net

Instagram – instagram.com/clube.materno

Twitter – twitter.com/clubematerno

Tumblr – clubematerno.tumblr.com

Artigos Relacionados

2 Comentários

  • Posted 15 de Settember de 2015

    Pro seu dia ficar melhor

    Amanda, suas palavras foram diretas ao ponto e esclarecedoras.

    • Posted 15 de Settember de 2015
      Clube Materno

      Clube Materno

      Obrigada! Seja sempre bem vindo a participar!

Responder