Como identificar uma criança com altas habilidades/superdotação?

Crianças são muito curiosas e inteligentes. Mas quando apresentam um talento ou uma capacidade muito acima da média da sua idade, podem ser consideradas com altas habilidades/superdotadas.

A avaliação de potencial intelectual deve ser feita por uma equipe multidisciplinar especializada, que fará uma investigação considerando a idade da criança. Porém, os pais podem observar algumas características que ajudam a identificar as crianças com altas habilidades. Aqui seguem 24 delas, citadas em reportagem da Revista Nova Escola, editora Abril:

1 Aprende fácil e rapidamente. gifted_child
2 É original, imaginativo, criativo, não convencional.
3 Está sempre bem informado, inclusive em áreas não comuns.
4 Pensa de forma incomum para resolver problemas.
5 É persistente, independente, autodirecionado (faz coisa sem que seja mandado).
6 Persuasivo, é capaz de influenciar os outros.
7 Mostra senso comum e pode não tolerar tolices.
8 Inquisitivo e cético, está sempre curioso sobre o como e o porquê das coisas.
9 Adapta-se com bastante rapidez a novas situações e a novos ambientes.
10 É esperto ao fazer coisas com materiais comuns.
11 Tem muitas habilidades nas artes (música, dança, desenho etc.).
12 Entende a importância da natureza (tempo, Lua, Sol, estrelas, solo etc.).
13 Tem vocabulário excepcional, é verbalmente fluente.
14 Aprende facilmente novas línguas.
15 Trabalhador independente.
16 Tem bom julgamento, é lógico.
17 É flexível e aberto.
18 Versátil, tem múltiplos interesses, alguns deles acima da idade cronológica.
19 Mostra sacadas e percepções incomuns.
20 Demonstra alto nível de sensibilidade e empatia com os outros.
21 Apresenta excelente senso de humor.
22 Resiste à rotina e à repetição.
23 Expressa ideias e reações, frequentemente de forma argumentativa.
24 É sensível à verdade e à honra.

É importante obter este diagnóstico porque a criança sente-se muitas vezes deslocada na escola, seu talento pode estar sendo ignorado ou supervalorizado, podem ter dificuldades de convivência por não entender suas diferenças, etc. A avaliação fará com que a criança seja orientada adequadamente de como utilizar este talento, como estimular suas capacidades, se há necessidade de acompanhamento psicológico e, principalmente, verificar a necessidade de adequação na classificação escolar.

Por Amanda Puly

Artigos Relacionados

4 Comentários

  • Posted 23 de July de 2015

    Marcela Mesquita

    Seu blog esta uma gracinha! Muito sucesso pra você!

    • Posted 23 de July de 2015
      clubematerno

      clubematerno

      Que delícia de recado! Obrigada, Marcela! Beijos

  • Posted 24 de July de 2015

    fabianadalcol

    Parabéns pelo posto, amei!

    • Posted 24 de July de 2015
      clubematerno

      clubematerno

      Obrigada,Fabiana!Seja sempre bem vinda ao Clube Materno! Beijos

Responder